Como foi o Chuseok no Centro Cultural Coreano?

stefany

Por Stefany Garret

No dia 26 de setembro (sábado), ocorreu um evento no Centro Cultural Coreano um evento em homenagem ao Chuseok, que é como um dia de ação de graças coreano. Chuseok (추석) é um dos maiores e mais importantes feriados da Coreia. É um feriado de três dias, celebrado no 15º dia do 8º mês do calendário lunar.

O dia de Chuseok, que é comemorado com a família, é um dia de agradecer, pois também é conhecido como o dia de colheita. O evento ocorreu em um sábado; mas o dia do Chuseok foi domingo (para os coreanos que estão Brasil, foi comemorado no domingo).

O dia é comemorado de várias formas: com danças, lutas, agradecimentos e sem esquecer o banquete que eles preparam.

Um prato que não pode faltar nesse dia é um doce chamado Songpyeon um bolinho de arroz, que é feito com farinha de arroz e com água quente, frequentemente recheado com gergelim e açúcar. Algo muito interessante sobre este doce é que ele pode ter várias cores e não usa corante, como por exemplo o roxo, que é feito com beterraba, ou seja, cada ingrediente dá a sua cor para o bolinho.

Pode até não parecer tão apetitoso para nós que não conhecemos, mas o gosto é muito bom, principalmente o recheio de gergelim. Vale a pena experimentar!

O evento realizado pelo Centro Cultural Coreano contou com brincadeiras, palestras, danças, culinária e muito mais. Foi quase como estar na Coreia participando de um Chuseok de verdade! Claro que são palavras de uma pessoa que nunca participou de um evento desses, então não sei se contam muito, rs.

Esta foi a primeira parte do evento onde teve a palestra e as apresentações de dança.

Esta foi a primeira apresentação de dança, que foi muito bonita. Como as danças aconteciam seguidamente e não foram especificadas, infelizmente não posso explicar uma por uma. Mas fiquem com as belas fotos!

Depois das apresentações de dança, ocorreu uma musical, que com direito a um workshop sobre esses instrumentos.

Esse instrumento foi o que eu aprendi a tocar o nome dele é잔구 (JUNGU) (tradução feita por mim.) Utilizado na música tradicional na Coréia.

E por experiência própria, digo que é um instrumento difícil de ser tocado. Mas também fascinante. Para tocá-lo, é preciso ter posição certa e até mesmo um jeito certo de tocar, como se você estivesse dançando e tocando. Sem contar o ritmo que tem que ser seguido, vale a pena experimentar.

Nos intervalos das apresentações as atrações eram os senhores que escreviam nossos nomes ou frases que escolhêssemos em coreano.

E tinha também um casal vestidos com roupas tradicionais chamadas Roupa Real que era usada no casamento. E o pessoal podia tirar fotos com eles.

Após o workshop de instrumentos tivemos o de culinária, onde a professora ensinava a fazer o doce tradicional Songpyeon. E alguns outros pratos, a professora era ótima e muito divertida.

Neste prato tem o Kimchi, Kimpap, arroz tradicional coreano e o Songpyeon.

Já no fim do evento tinham roupas tradicionais femininas e masculinas que nós podíamos vestir e tiramos fotos. ( foi minha parte favorita!)

Bom esse evento foi incrível, espero que no próximo vocês participem, até ^^

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s