XIA Tarantallegra 1st World Tour in Brazil: como foi?

JunSu e os fãs brasileiros! ❤
Foto by Osen via XianismBr

Nossa equipe esteve presente no show de XIA JunSu em São Paulo e agora eu vou contar  como foi! Prepare-se para um relato cheio de ataques fangirl e babas pelo menino, porque gente, eu sou fã dele e não me contive nem um pouco em falar tudo que senti vendo o JunSu no palco. Prontos?

Foi só anunciar que o Brasil também havia sido incluído na turnê do JunSu, que fiquei louca! Desde o momento em que as vendas de ingressos foram liberadas, já saí em disparada do trabalho para poder garantir meu VIP, com medo de que esgotasse. Então de lá para cá foi só esperar que 8 de setembro chegasse logo para que eu pudesse ir a São Paulo. Assim que foi anunciada a turnê Tarantallegra pela Ásia, fiquei bem triste por achar que nunca poderia ver essas músicas ao vivo, pelo menos não tão cedo, já que me tinha me apaixonado loucamente por esse novo conceito dele. A última vez que fiquei tão triste por não poder ir a um concerto desses conceitos chocantes foi quando o G-Dragon fez o Shine a Light…

Então… tudo começa no 7 de setembro lá pelas 11 e cacetada da noite, quando cheguei ao Aeroporto Internacional de Guarulhos. Vários fãs esperavam o desembarque do XIA, que segundo a produtora Dark Dimensions, seria à meia noite e vinte no portão 1. Porém, algum tempo depois foi avisado de que na verdade ele viria pelo portão 2 e lá fomos todos esperá-lo lá. Desde dias antes da viagem, já estava praticamente em pânico de tão nervosa e percebendo que estava cada vez mais perto o momento de ver o JunSu de novo (pois é, eu já tinha ido ao Chile ver JYJ, mas parecia que era a primeira vez. No seu próprio país, parece mais incrível… e é  bem menos dispendioso também!), esse sentimento todo aumentava. As staffs do StandUp TVXQ tentavam organizar os outros fãs para que a recepção corresse da melhor maneira possível, sem maiores escândalos para não assustá-lo e assim podermos vê-lo por mais tempo no aeroporto. Então foi anunciado que o avião dele pousaria às 00:45 e pelo jeito, assim foi. Porém, ele só apareceu pouco depois da 1 da manhã. Finalmente saiu do setor de desembarque, junto com mais algumas pessoas da equipe e seguranças, sendo recebido com muitas palmas.  JunSu chegou bem sorridente e dando tchauzinho para todos, passou a menos de 1 metro da minha frente e eu lá sorrindo feito uma boba enquanto ele passava e acenava de volta para ele (se ele viu, aí são outros 500…lol ). A expressão de JunSu vendo os fãs foi impagável, mesmo estando de óculos escuros. Ele realmente parecia emocionado com a recepção. Creio que ele deve ser quase da minha altura e não consegui perceber se mais alto ou baixo, mas seja o que for, a diferença é pouca. Foi o que percebi com a rápida passagem.

JunSu chegando e vendo os fãs que o esperavam!
Foto by AsianDog

Saindo do desembarque!!
Foto by Shakin´Pop

Outro ângulo dele chegando!
Foto by Shakin´Pop

Vários fãs para recepcioná-lo (entre 80 e 100 fãs, segundo informações do SarangInGayo e JYJ Brasil) com cartazes e um enorme banner de boas vindas confeccionado pelas equipes dos sites já citados, além do apoio da produtora Dark Dimensions.

“Kim JunSu, bem vindo ao Brasil”
Foto by SarangInGayo

Foi só ele passar do cordão de isolamento que outros fãs fizeram, para todo mundo desatar a sair correndo atrás e a partir daí, eu não vi mais nada a não ser o carro que ele entrou indo embora. Depois disso tudo, não aguentei e chorei, afinal tinha visto XIA JunSu bem de pertinho e eu tinha quase certeza de que não iria conseguir mais ficar tão perto dele assim. Mal sabia eu…

Ah, e foi registrado lindamente (em nosso vídeo) o momento em que Susu deu o ar de sua ilustre graça! Mais ao longe, vi a mãe dele do lado de fora da van, mas não pude ir até lá por não ter mais condições psicológicas para formular mais nada e além do mais, já estava na hora do táxi chegar: Mon e eu precisávamos ir embora.

Fiquei bastante emocionada. E ainda mais pilhada por não saber se conseguiria vê-lo da grade, já que muitas pessoas dormiam na frente do Espaço Victory desde sei lá quando. Então, decidi que tentaria e logo após chegar do aeroporto, por volta das 2 da manhã, fui para o final da fila e me encolhi por lá. Acho que deveria ter umas 50 pessoas na minha frente? Não tenho certeza… Alguns minutos depois, uma galera mais a frente me chamou para perto deles e tive companhia na madrugada da fila. ^^ (Meus agradecimentos e muitos coraçõezinhos a essas pessoas! Mandem um e-mail pro GSS e procurem por mim para mandar beijo no próximo post XD).

Fila do show, no dia 8!
Foto by Shakin´Pop

Mais tarde, começou a troca dos ingressos… processo  este que demorou bastante e com o passar do tempo, foi se tornando um tanto bagunçado, chegando a atrasar a entrada das pessoas no local, que inicialmente estava prevista para às 17:00h. A fila havia crescido bastante, faltando pouco para curvar à esquina, mas até onde cheguei a ver, isso não aconteceu e a rua era bem comprida, era uma subida, até.

Pulando para a parte mais importante agora, que foi minha entrada no Espaço Victory finalmente e fiquei lá, colada na grade bem na frente da passarela. Para quem estava já ficando triste achando só veria o JunSu de perto no aeroporto, tive uma das maiores bênçãos que eu poderia ter neste ano em relação aos meus queridos… Estava lá  bem de frente para o telão, com o logo da turnê.

Logo
Foto by Roger Choikang

Por volta das 20:30, o mv de Tarantallegra começou a ser exibido no telão e como os técnicos passavam de um lado para o outro toda hora, não sabia se era só enrolação até a hora do show começar ou testes de vídeo. Deveria ser os dois… Mas o fato era que, assim que o mv começou, todo mundo começou a gritar e a cantar e eu mesma não tinha a menor intenção de poupar minha voz. O som do clipe parecia ser apenas um karaokê, com os backing vocals. Perdi as contas de quantas vezes o mv passou e não só eu, mas toda a galera do Espaço Victory cantou tudo todas vezes. Os gritos mais altos eram justamente em “What music will you listen to?” “Hey! “Tarantallegra”. Muito bom todo mundo cantando junto hein… se apenas com o telão já estava assim, imagine quando chegasse a hora de o JunSu cantar…

Muitos fãs, se não todos, estavam com lightsticks vermelhos acesos e também seguravam coraçõezinhos cor de rosa escrito XIA, que foi distribuído mais cedo na fila pelas meninas do StandUp TVXQ e que segundo elas, foram presentes das fãs coreanas. Além deste mesmo coraçãozinho, eu também segurava um desenho que havia riscado e pintado às pressas no hotel (levei material de desenho exatamente para isso!), antes mesmo de ir para a aventura do aeroporto. E também tinha minha pequena fanlight para fazer o Red Ocean, que para quem  não sabe, é marca registrada dos fãs de TVXQ (Cassiopeia) , estendendo-se também ao JYJ (afinal, JYJ from  東方神起– pois é, sou dessas).

Depois de o mv de Tarantallegra ser exibido várias vezes, foi a vez do de Uncommitted. Todo mundo cantando junto “She said -aid-aid…. ”. Deve ter repetido algumas vezes também, já não lembro mais com tanta exatidão. Mas aí, Tarantallegra voltou ao telão, só que com algo diferente: a voz de JunSu cantando dos bastidores, um pedaço da música. Não posso afirmar com 100% de certeza de que era ele, mas me baseei nos meus ouvidos: o canal de som de onde saía a voz era diferente de onde saía o som do vídeo e pouco tempo depois, voltou a ficar no karaokê. Ou posso ter ouvido demais ou simplesmente tudo fazia parte dos testes onde a voz aumentava e reduzia em algum lugar… mas eu tive uma  forte impressão de que era ele. Quem concordar ou discordar pode falar!

Após essa situação, o logo voltou ao telão e finalmente deu lugar ao vídeo de abertura. Ótimo, o show havia começado e XIA JunSu subiria naquele palco a qualquer momento. E eu com um sorriso enorme vendo tudo.

Então, ele finalmente aparece, chamas sobem no palco… e a música é Breath. JunSu e os dançarinos usando bastões na coreografia. Era o JunSu!!! Nossa, tão perto que parecia que eu estava vendo-o pela primeira vez! Impressionante, o que era esse menino dançando?? Por mais que tivesse visto JYJ no Chile e de um bom lugar, ainda fiquei pensando: “Nossa, ele dança mesmo!”  “Ele canta mesmo!!”  

Breath ❤
Foto by greicekellyn via XianismBr

Com o olhar totalmente fixo nele, pensei de novo: “Como ele é pequeno e parece um bonequinho!” Um bonequinho esguio, lindo e com o poder de um deus.

Um mundo mágico se abriu naquela hora em que ele pisou no palco, o Mundo Mágico de XIA e fui tragada sem a menor esperança de volta! A coreografia, a dança, a voz… tudo! E cada vez que ele ia para frente ao final da passarela, ficando mais perto de mim eu via a expressão forte que ele possuía, aquela presença de palco absurda, incrível! Caramba, na hora que o JunSu chegou mais perto com aquele bastão até me assustei, foi tipo um saque de espada e por um instante, achei que ele ia arrancar minha cabeça (LOL). Também fiquei levando susto com os fogos todas as vezes que apareceram!  Muitas emoções já no início do show, hahaha!

O pessoal estava super animado, gritando muito, pulando (empurrando…lol)… nem olhava para trás mas do jeito que eu fui empurrada e esmagada naquela grade parecia que tinha toda população do Brasil atrás de mim, foi tenso! Mas a alegria foi infinitamente maior!

Ahh, depois começa a tocar No Gain!!! Ah, gritei!!! Música composta e escrita pelo JaeJoong, eu e mais um monte de enlouquecidas… Só que quem estava lá era Susu e não Jae, né… Pois bem! Como era uma batida mais lenta se comparada a Breath, dava para ouvir bem melhor a voz dele e mais uma vez tenho que dizer: que voz!! O que sempre vi pelos dvd´s não era nada, estava ali assistindo tudo ao vivo. Ao vivo sempre é melhor e por mais que soubesse da incrível capacidade vocal dele, não tem explicação para sentimento que é ver tudo de pertinho assim. Meu rosto não tinha outra expressão a não ser um grande sorriso e na minha cabeça só ecoava:  “Sabia que ele era lindo assim! Sabia que ele fazia tudo isso!!”

Continuando, vou repetir que fiquei impressionada com ele dançando e vou dizer disso muitas e muitas vezes ainda. Quando o JunSu chegava mais perto, sorria mais ainda e estava tão perto que via o peito dele todo brilhante de suor… Nem falei, mas o primeiro figurino do show foi o terno azul do começo do mv de Tarantallegra. Ah e as partes da música em que ele era cercado pelas dançarinas, foi tudo muito bom! As moças todas sexies lá em cima de Susu e ele com uma carinha safadinha também, haha! Aliás, carinhas safadinhas não faltaram nesse show… e eu achando-o provocador no Chile, olha que coisa lol!

Acaba a música e de repente: “Boa noite, Brasil! Eu sou XIA!” Ahh, ele já começa falando em português, que bonitinho!! Frase que ecoa na minha cabeça até agora e não consigo lembrar/escrever/ler sem ouvir a voz dele junto! Achava que o talk começaria um pouco mais tarde, mas foi bem rápido.  Com uma intérprete do lado, JunSu conversava com o público, feliz por finalmente ter encontrado seus fãs brasileiros. Comenta que esta não foi sua primeira visita ao Brasil e em inglês perguntou se conhecíamos a AnyBand, pois já passou pelo Rio de Janeiro com ela. Para quem não sabe, este foi um projeto da Samsumg que juntou o JunSu, BoA, Tablo e Jin Bora para um single e as gravações do mv ocorreram aqui no Brasil, em 2007.

XIA nos prometeu muitas surpresas até o final do show e encerrou este primeiro talk, partindo para a próxima música. E realmente, foi cheio de surpresas até o fim. Fantástico!

Na sequência, veio Lullaby. Como eu não sabia a ordem da setlist nem tinha tempo de ficar acompanhando as fancams dos shows anteriores, assim que vi a luz fraca lá na escada com as duas moças deitadas no colo do JunSu falei:  “Já?!” Bem, ao menos a Lullaby já tinha visto antes (em fancam, fancam!) e foi a única, além da Tarantallegra. É certamente uma das performances mais sensuais que ele faz, pelo menos a meu ver. É muito fácil dizer que todas foram sensuais, quem assistiu o concerto entende perfeitamente… Colocar “sensual” e “JunSu” na mesma frase tornou-se repetitivo, como se eu estivesse falando do óbvio como: “subir para cima”. Ainda sentado com elas, acariciava um dos rostos enquanto cantava e por poucos milímetros não a beijou, de tão próximo que ele levou seu rosto ao dela. O flerte com uma por uma das dançarinas, movimentos tão sinuosos que não acreditamos que um homem seja capaz de fazê-lo e ainda assim permanecer tão sedutor e masculino, este era nosso XIA JunSu em cena. Elas trouxeram barras para o palco e se apoiaram ali dançando enquanto JunSu ia até elas, também se apoiando nas barras enquanto parecia que iria beijá-las, até que uma delas foi vendar seus olhos com uma faixa preta e segurou suas mãos, guiando-o para um ponto do palco. Pouco depois, ele retirou a venda e a música terminou.

Logo neste início de show (não recordo em qual música foi), houve um momento que me chamou bastante a atenção. Não sei se todos notaram, mas o JunSu beijou muito discretamente seu anel da mão esquerda, foram dois rápidos beijos bem carinhosos.  Algum tempo depois, ele beijou novamente duas vezes.  Não sei o que significa, mas, ele deveria estar feliz naquele instante e/ou agradecido por algo e eu achei lindo demais. Fiquei com uma vontade imensa de abraçá-lo… Parecia que o tempo parou naqueles dois momentos. Ele estava na passarela, bem na frente e como eu estava na parte da grade quase colada nela, vi tudo perfeitamente, fiquei encantada demais.  Como já disse, não sei em qual parte do show este momento se encaixa, apenas lembro que ele ainda usava o terno azul.

A música seguinte… ahá, um double combo para mim! Intoxication, a qual tive a grande sorte e alegria de poder ver uma performance ao vivo pela segunda vez! Como na primeira vi a versão japonesa, desta vez foi a versão coreana. A dança sexy todo mundo já conhece, foi só começar a tocar a música e o Espaço Victory todo poderia desabar com os gritos. Aliás os gritos para nosso Susu foram durante o show inteiro sem descanso. Posso não estar mencionando constantemente, mas tenha a certeza de que eram muitos gritos, palmas e lightsticks vermelhos brilhantes sacudindo o tempo todo, além de cantarem juntos todas as músicas. Então, o que pode ser falado do JunSu dançando Intoxication? Senti como se estivesse vendo pela primeira vez, ele hipnotiza mesmo com seus movimentos. Aquelas jogadas de quadril que ele não dispensa e nos fartou muito bem delas, não apenas nesta música.  Ao final ainda tem o brinde de a blusa abrir mais do que deveria quando tira o terno para em seguida por de volta… aí aparece o mamilo dele hahaha! Mudou sua vida? Quem estava lá e viu, gostou e se você gostaria de ter visto e não foi, perdeu!

Set me Free em seguida! JunSu jogou o terno azul lá para longe e ficou só com a blusa preta. Já falei que ele dançando é impressionante, não é? Assim como a Set me Free, todas as músicas agitadas tinham performances bem  enérgicas e em momento algum ele demonstrou algum cansaço ou errou os passos mesmo tendo chegado aqui logo depois de outro show. Sem contar os efeitos especiais: uma cascata pirotécnica desceu teto abaixo atrás dele! Como não esperava o efeito, levei um susto, mas foi lindo! A imagem toda poderosa daquele garoto com uma cascata de fogos atrás… Foi para babar mesmo.

Espetacular!!
Foto by Sara YunHo

JunSu fazia muitíssimo jus ao “deus”, como constantemente é chamado pelos fãs.  Ele veio do  “Deuses do Leste que se Elevam” e obviamente eu não esperava menos dele. Fui para o show com as expectativas mais altas possíveis, tratando-se das performances. Surpreendeu? Claro, mas ao mesmo tempo eu tinha para mim mesma que aquilo tudo era muito óbvio; claro que ele iria surpreender, impressionar. Sou uma apaixonada que confia cegamente na qualidade de tudo que vier dos 5 do TVXQ e ter um deles tão perto de mim no meu país foi a realização de um sonho. Mais uma vez pude realizar um. Não é fácil comentar música por música até porque não consigo lembrar absolutamente de tudo que aconteceu. Mas uma vez dentro do Mundo Mágico de XIA, quem quer sair? Cada vez que ele chegava para frente na passarela, ficando tão pertinho de mim, não acreditava que era possível ficar mais maravilhada do que já estava. Era muito perto; o corpo dele brilhando de suor, as veias pulsando no pescoço enquanto cantava, a maquiagem dos olhos que não derretia, os brincos, o cabelo que não tinha 1 fio fora do lugar por mais que ele pulasse ali, as unhas pretas, os anéis, parte do peito à mostra, a calça justinha, a bela bota de cadarços com um pequenino salto, sem contar as expressões que seu rosto assumia a cada canção. Tudo isso montava a esplêndida imagem de XIA a menos de 2m, às vezes até menos de 1m de distância de mim.

E os olhares que ele lançava… não foi à toa que depois ouvi inúmeros comentários de que o JunSu havia olhado para alguém. Ele interagia com seus fãs todo o tempo. Muitos olhares sorridentes, outros mais provocantes enquanto mexia o corpo. Sempre direcionado para alguém. Assim como eu, muitas (os) tiveram a sorte de receber um desses olhares.

Depois de uma pausa, JunSu volta com o sobretudo branco. Exceto pelo figurino para Uncommitted, todos as roupas usadas foram do mv de Tarantallegra. Chegou a hora das baladas: You are so Beautiful, Even I though You Already Know seguida de Turn Around & Around. Se antes ele nos mostrava todo o poder de sua dança combinada com os vocais, agora foram somente os vocais. Belíssimas apresentações, You are so Beautiful e Even I Though You Already Know emocionavam, enquanto Turn Around & Around era tão doce, com direito até a chuva de bolinhas de sabão. A emoção que ele transmitia era única. Dava para sentir pela voz dele, o quanto cantava com sentimentos. XIA JunSu, lindo como era, estendia o microfone para que cantássemos junto com ele.  Ao final, ele curvou-se para nós em agradecimento, permanecendo assim durantes longos segundos antes de deixar o palco.  Eu não chorei em momento algum, mas sentia uma alegria tão grande que não dá para explicar; assisti tudo com o maior e melhor sorriso que eu tinha, era o meu meio de demonstrar todo o carinho que sentia por ele e a felicidade gigantesca de estar ali. Como descrever adequadamente tantos sentimentos tão bons que estavam comigo enquanto ouvia aquela voz?

A equipe de dançarinos também foi uma simpatia à parte. Em um dos momentos de troca de roupa, ficamos ao som de Be My Girl remix, do JYJ, onde os dancers chegaram cheios de energia com a conhecida coreografia do flashmob e na medida do possível no espaço apertado de gente, os fãs dançando junto nem que fosse só movimentando os braços. A empolgação de um deles era tanta que, acidentalmente chutou o monitor que estava no fim da passarela e o derrubou no chão! Mas prosseguiu com classe como se nada tivesse acontecido. Foi realmente neste momento de pausa que passei a olhar mais para eles. Tirando a Lullaby e a No Gain, onde o JunSu ficava mais próximo das moças até então, eu praticamente não olhava para mais ninguém.

Nos outros momentos de conversa com os fãs, JunSu chegou perguntando todo animado com um fofo português: “Vocês estão se divertindo?”, recebendo uma calorosa resposta de todos e em coreano, disse que estava se divertindo muito. Assim que a intérprete terminou de traduzir, ele repetiu o “muito” em português, e foi uma gracinha!!  Falou que, como sabíamos, ele gostava muito de futebol e gostava do Brasil desde pequeno, porque ele nos jogos de futebol que ele assistia, a Seleção Brasileira sempre ganhava! Disse até que queria conhecer a Floresta Amazônica, haha! Ah, e que São Paulo era uma cidade muito bonita, prometeu voltar mais vezes ao Brasil. Alguns fãs começaram a gritar “Rio de Janeiro” (e eu também, claro lol) e quando o Su entendeu o que era, imitou o Cristo Redentor, abrindo os braços!! Olha que coisa mais fofa, hahaha!! Ahh, e era a hora dos desejos também! Primeiro, ele escolheu um fã com a bandeira do Brasil, que pediu uma foto. Então, JunSu foi para a ponta da passarela tirar a foto de modo que aparecesse ele e os fãs. Nessa hora eu estava exatamente atrás dele e não creio que tenha saído nela lol.. Fiquei lá admirando as costas pequenas e o traseirinho né… Depois o pessoal ficou gritando “samba!”, para que ele sambasse, mas o máximo que fez foi mal mexer os dedinhos e disse que não sabia sambar. Tudo isso rindo muito! Outro desejo foi que ele ligasse para o JaeJoong, mas aí respondeu que naquela hora o Jae estaria dormindo lol…  Nessa hora acho que estava meio boba (mais…) e me desliguei por alguns instantes. Voltei quando o JunSu disse para os homens fecharem os olhos porque eles não iriam gostar muito do que seria feito agora e eu acreditando na “seriedade” dele, tentando imaginar o que seria, até que ele fez a pose de Angel Xiah! Hahahahaa.. Bom, fez em todos os lugares do mundo, não poderia deixar de fazer aqui!  O próprio JunSu não aguenta sustentar a pose por muito tempo e começa a rir, acabando logo com ela! Adorei! Ah, também alguns fãs lhe entregaram uma bandeira do Brasil para, que estendeu na nossa frente e disse “Brasil!”, com o adorável sotaque dele. Isso foi em algum instante antes do Angel Xiah.

JunSu me tapou… mas a Mon apareceu e foi carimbada com o logo do site alheio XD
Foto by JYJ Brasil

Brasil!!
Foto by SarangInGayo/Rachira Garcez

Mais um momento marcante para mim, que foi nessa hora que ele vestia o sobretudo branco e estava sentado na cadeira… eu estava com um desenho na mão, que fiquei segurando o tempo inteiro junto com o lightstick e o coraçãozinho rosa. Sempre destacava o desenho toda vez que o JunSu chegasse mais perto e eu sinceramente acreditava que ele já tinha visto antes no meio dos tantos sorrisos e olhares que vieram na minha direção. Até o momento em que ele aponta para o meu desenho e ri!!!! Ele me viu mesmo! Viu meu desenho!!!!  Desenho que fiz às pressas no hotel assim que cheguei a São Paulo. Porque eu queria desenhar alguma coisa dele, mas não sabia se seria melhor dar a ele ou ficar segurando durante o show. A felicidade que senti naquela hora, meu Deus… e já estava muitíssimo feliz só por estar vendo-o da grade bem de pertinho. Até sacudi o desenho bem freneticamente achando que ele poderia pegar, sei lá… Mas no fim das contas foi bom que não pegou e nem insisti em um meio de entregar, vai ficar como uma das mais lindas lembranças para mim. Vou sempre olhar para aquele desenho e lembrar que o Su reparou nele, lembrar de todos os momentos que fizeram deste dia um dos mais felizes da minha vida. Que bom!!

Este foi o desenho apontado pelo JunSu ^^

Depois de toda essa conversa que eu não recordo se está na sequência certa (mas o importante é que ocorreu e estou contando! =D), voltarei a falar do JunSu lindo e maravilhoso altamente vitaminado cantando! (olha como os elogios aumentaram agora XD). Bem, lembrando que a ordem dos fatos pode não estar correta, mas aconteceram!

Tudo escuro, o telão mostrava um cenário um pouco mais sombrio, mas quando começou a tocar a música e o moço pequeno e bonito apareceu de novo, trajado em preto (a roupa preta e justa de Tarantallegra).  Eu fiquei super eufórica: “Ahhh, Elisabeth!!!!” . Fiquei torcendo muito para que ele cantasse alguma coisa do musical por aqui e fiquei boquiaberta vendo a performance de Last Dance! JunSu trouxe um pouquinho do Tod para nós e foi incrível! Todo o caos que a coreografia transmitia, as expressões que o JunSu fazia e pela enésima vez, mais olhares matadores na nossa direção! Ele andava de um lado a outro no palco, altamente sensual e disparando aquele olhar … vocês que foram atingidas, me contem, haha! E a música ainda… adoro e eu era mais uma voz no meio daquele coro do Espaço Victory. Vale dizer mais uma vez que fiquei impressionada? Que ele hipnotizava? Que cada vez que se aproximava do final da passarela eu só sorria com a grandiosidade desse artista espetacular? Às vezes era inacreditável para mim estar ali, sério.  Quando achava que não poderia ser melhor, a setlist prossegue com I am, I am Music, de Mozart! Aaahh  mais uma de musical, não acreditei que ainda ouviria a voz dele cantando Mozart!!! Maravilhoso, lindo demais, é o que posso dizer! Depois ainda vem Why Not You Love Me, mais Mozart! Mais da interpretação emocionante do JunSu. Foi tudo absolutamente mágico demais para mim! E se não estou enganada, no início da turnê Tarantallegra, na Ásia mesmo, o JunSu havia comentado que a intenção dele era levar as pessoas para um mundo mágico, não foi? Cheio de coisas incríveis, que ficassem com vontade de dançar, enfim. De fato ele trouxe a mágica para o outro lado do mundo.

Com o fim da sessão dos musicais, mais uma pausa e lá vai JunSu e ficamos nós esperando o que seria desta vez. No telão, foi exibido um vídeo com os bastidores das gravações do mv de Tarantallegra, mas com a Too Love ao fundo.  Como eu amo a Too Love, gritei muito, fiquei doida, pirei, cantei tudo (o que eu conseguia cantar…lol)! Ainda aguardo ansiosamente pelo dia em que poderei vê-lo cantando isso ao vivo. Mais uma vez lembrando que não lembro da sequência ou se era o mesmo vídeo, houve um mostrando as paradas de JunSu na turnê. E que felicidade foi ao ler “and now here..

Isso, escuridão de novo. Mas tinha uma luzinha fraca que dava para ver o que se passava no palco: vi staffs carregando um trono. Então queria dizer que a próxima música finalmente seria… aquela 8D. Todo meu motivo de amor por essa turnê, haha! E começaram os barulhos dos tambores (eu chamo de tambores, acho que são, né…), subiu aquele efeito de fogo, vi as dançarinas já preparadas em formação e fui ficando tensa, esperando a música começar logo, mas essa introdução dos batuques demorou um pouquinho, gente. Ficou mais emocionante!!  Enquanto isso, havia um holofote maroto bem lá no Susu sentadinho like a boss de pernas cruzadas, usando a linda roupinha vermelha! Acaba a introdução quase sem fim dos batuquezinhos, Susu sussurra (fale isso rápido sem errar umas 10 vezes XD) “you know… this time….” , galera grita toda frenética e eu também, o telão acende e a primeira nota da música começa já no impacto das chamas subindo e  fagulhas explodindo! Sob muitos e muitos gritos, começava Tarantallegra.

Era a versão em inglês, mas com a mesma coreografia marcante que quem já viu o mv conhece bem. Se eu disser que foi espetacular, ainda foi pouco. Mais uma vez eu digo que fiquei impressionada e o motivo foram as quebradas de ombro que o JunSu dava, realmente fiquei babando. Está aí, um artista esfregando na cara de todo mundo como é que se dança e que não são só pés mexendo e cinturinha requebrando (que aliás ele faz tudo isso excepcionalmente bem!). Sinceramente, quantos idols por aí são capazes de fazer isso com a maestria que XIA JunSu  faz? Não sei dos outros, mas ele eu vi e senti toda presença de palco estonteante que ele tem, presença que domina qualquer um que o olhar e suga para o mundo mágico onde XIA é o rei, é o deus, é o tudo. Quem esteve no show e viu pode dizer que não estou exagerando! Nas horas que ele ia para a passarela, tão pertinho que me deixava ver os detalhes do figurino mais bonito da noite e todo aquele domínio de palco parecia muito mais forte para mim. A parte em que os dançarinos se posicionavam atrás dele para deixá-lo com vários braços foi perfeita; mesmo estando tão perto só consegui ver o JunSu  e os vários braços surgindo. Era uma das partes que eu estava esperando. Na verdade, estava esperando tudo e foi tão bem executado! Todo o jogo de masculino/ feminino que ocorre no mv, pude perceber ao vivo. Incrível mesmo como ele se tornava feminino dançando com as mulheres e masculino na etapa seguinte da coreografia. Já próximo do final, teve um passo no qual ele pulou do palco para o meio da passarela e nossa, levei um susto, hahaha! Perdi a conta de quantas vezes me assustei com ele tão perto achando que ia cair em cima de mim lol.  Até o barulho do impacto dos pés dele no chão pude escutar e eu:  “Nossa…!”. Vou dizer mais uma vez como ele estava tão perto, como era lindo, era um sonho estar ali.

Susu Like a Boss, yeah!
Foto by Sara YunHo

Ao fim da música, ele voltou a sentar no trono like a boss com as pernas cruzadas e permaneceu lá maravilhoso, vitaminado e arfando. A próxima canção demorou bastante para entrar e não sei se foi algum problema no som ou apenas uma pequena pausa programada para um (merecidíssimo) descanso. Durante este tempo, mais gritos, todos gritando o nome do JunSu!

Até que Fever começou a tocar.  As chamas rápidas subiram do palco e na hora do “I make you fever” dispararam os fogos! Agora toda vez que escuto Fever, escuto os fogos junto e me emociono lembrando de como tudo aquilo foi lindo. Assim como nas performances anteriores, JunSu mostrou todo o poder da sua voz, dança e sedução… Ah, esse golfinho! Efeitos com fogos várias vezes no decorrer da música e digo de novo que não tirei os olhos do JunSu, porque não tinha como!

Então o golfinho lindo e poderoso vai embora e se não estou enganada, passa Uncommitted no telão mais uma vez (já havia passado no início do show)! Quando termina o mv, JunSu volta de terno preto e finalmente, hora da performance de  Uncommitted! Já chegou chegando, todo sexy e sinuoso antes de descer às escadas. Gostei muito da coreografia! E também mais um festival de olhar matador para todo mundo enquanto ele passava de uma ponta à outra do palco.

Houve outro talk, no qual JunSu disse que fomos nós que demos forças para ele cantar, comentou sobre a surpresa na recepção do aeroporto e que veio vestido de qualquer jeito, já que achava que ninguém estaria esperando por ele. Disse também que demos uma lembrança que ele nunca iria esquecer e prometeu visitar o Brasil mais vezes. Enquanto todos gritavam muito, JunSu como se não pudesse ser mais fofo ainda, gritou também e o pessoal gritou mais alto. E ele gritou de novo! Fofos os gritinhos dele, hein! Muito fofo dizendo que demos muita energia para ele, disse “obrigado ” em português, a galera toda gritando “saranghae ”  e agradeceu na nossa língua mais uma vez. Depois falou sobre a música que iria cantar, que era uma de suas favoritas e pediu para que sentíssemos os sentimentos dele na canção.

E a sequência foi I Don´t Like Love, na qual ele cantou sentado enquanto passava um vídeo no telão que achei bem bonitinho. Mais uma vez a potência da voz linda e emocionante do Susu. Por mais que se tenha visto no dvd ou no You Tube, não é nada comparado ao vivo.  Tenho certeza que todo mundo que estava ali no Espaço Victory naquele dia sentiu toda emoção na voz dele, como ele interpreta maravilhosamente uma canção.

The Tree Covered in Dew. Tão linda e não tem como não ser repetitiva falando de como a interpretação dele era maravilhosa e etc, etc… Cheio dos mais lindos sorrisos. Quando começa a chuva de papel picado, parece que acordei por alguns instantes e fiquei triste: era um anúncio que o sonho estava quase chegando ao fim. Só que ainda não havia terminado; então me voltei para o golfinho cantando com tanta doçura na minha frente. Ele estendeu o microfone para que cantássemos com ele “saranghae… saranghae” , percorrendo todo o palco. “Saranghae”, que apesar de ser parte da música, as vozes que iam em direção a ele faziam muito mais do que ajudar a completar uma canção, era uma declaração de amor para ele com certeza. Mais uma das várias que ele recebeu no decorrer do show e para nós que estávamos ali, ainda era pouco pelo que ele merecia.  O palco virou um mar de papelzinho brilhante, todo mundo com papelzinho colado em tudo que era lugar e o JunSu também, foi tudo pro pescoço suado dele, hahaha!

“Saranghae!”
Foto by Barbara Ferreira

E por fim, o show foi encerrado com a Fallen Leaves, do JYJ. Devo dizer que fiquei com muita vontade de ter uma versão dessa música só do JunSu. Mais uma interpretação primorosa e ao fim, juntamente com a equipe de dançarinos, curvou-se, nos agradecendo. Depois de muitos tchauzinhos, ele saiu daquele palco… ele se foi e fui obrigada a acordar do sonho mais lindo e deixar o Mundo Mágico de XIA, que por mim, poderia ficar presa lá pela eternidade.

Realmente, JunSu havia prometido muitas surpresas até o final do show e a promessa foi devidamente cumprida. Volto a dizer que a presença de palco dele era inigualável, tudo absolutamente digno de um deus (afinal, “Deuses do Leste”, não?) e quem esteve presente no Espaço Victory neste 8 de setembro sabe bem do que estou falando. Todos nós que estivemos lá tivemos o imenso privilégio de assistir a apresentação de um belo rapaz que além de ter se mostrado um doce de pessoa, é um artista excepcional. Tivemos a honra de ouvir de sua própria boca o quanto ele gosta do Brasil, desde criança e ao fim desse Mundo Mágico para o qual ele nos levou, ver toda a alegria em seus olhos por todo o carinho que ele recebeu desde o primeiro momento em que pisou em nosso território.

E ficam as lembranças do sonho ❤

Não teve coletiva de imprensa nem vendas de produtos oficiais neste show.

Abaixo, veja nosso vídeo com o registro da  movimentação externa do show, as expectativas dos outros fãs e a chegada do JunSu no aeroporto!

Setlist :   

1-Breath; 2-No Gain; 3- Lullaby; 4-Intoxication; 5-Set Me Free; 6- You are so Beautiful; 7- Turn Around & Around; 8-Last Dance;  9- I am, I am Music; 10- Why Not Love Me; 11- Tarantallegra; 12- Fever; 13-Uncommitted; 14-I Don´t Like Love; 15- The Tree Covered in Dew; 16- Fallen Leaves.

E é isso, infelizmente acabou. Espero que tenham gostado da minha “cobertura” sobre o show, que na verdade não passa de um relato de uma fã com sorte de ter  tido um sonho realizado pela segunda vez (e ter visto que o bumbum do JunSu existe, pela segunda vez lol).

 Relato e fotos do desenho por Mako, vídeo por Monica e crédito das demais imagens para:  SarangInGayo, Shakin´Pop,  JYJ BRASIL, XianismBr, Roger Choikang, Sara YunHo e Barbara Ferreira.

Gostou deste relato? Deixe um comentário pra sabermos que você gostou =)
Quem compartilhar o tweet dessa matéria e seguir a gente no Twitter (@GNSambaStyle) concorre a edição de Agosto da revista coreana JUNIOR, com o JunSu e o JaeJoong na capa! Matéria sobre JYJ, além de muito Super Junior, 2PM, Beast etc!
Lembrando que quem dá RT e comenta no post tem mais chances no sorteio!  Porque amamos comentários =**

Anúncios

18 comentários sobre “XIA Tarantallegra 1st World Tour in Brazil: como foi?

  1. “K-pop em terras tupiniquins” haha…. virei fã agora! Pq todo k-popper desse Brasil tem que falar um bom hangul tupiniquin!

    Eu sou uma dessas que passou noites a fora na fila… já faz quase uma semana do show e eu ainda estou sem voz, mas eu não me arrependo de nada! Pelo Junsu eu faria tudo de novo! ^-^

    PS: ” JYJ from 東方神起- pois é, sou dessas” acho q amo vc um pouco mais! rsrs

    • Caraaaaamba, faltou ar aqui xD
      fui lembrando de tudo enquanto lia ;3; hauahauauahsua
      Foi magico, espero que ele volte logo ❤
      Parabéns pela "cobertura" do show *-*

    • Hahaha valeu!! 😀

      Issaê, nosso hangul tem que ser tupiniquim mesmo!
      E nem me fale, já vai fazer uma semana, muito rápido 😦 Quero Junsu de novo já >///<
      Ouh me senti amada <33 Brigada linda ;o; Se o próprio JaeJoong coloca JYJ from 東方神起 no twitter dele, vou dizer mais o quê, né? ;D

  2. Waaaa, eu estava lá e concordo com tudo que você disse, passou as informações certinhas, parabéns (:
    Foi o melhor dia da minha vida, eu esperei por 5 anos e valeu muito a pena *-*
    Junsu mostrou todo o empenho, esforço, vontade. Aquela voz perfeita, aquele homem perfeito!
    O pessoal estava reclamando por ter pouca gente, mas nós cassies, juntas mostramos nosso amor, juntas fomos fortes e isso vale muito!
    Orgulho de ser Cassiopeia ❤
    Boa sorte com o site, ele é ótimo *-*
    Beijos ;*

    Always Keep The Faith ❤

    P.s: No twitter eu sou a @BigodeDoMir e já dei RT e segui *-*

    • Obrigada *o*
      5 anos né… Se tem uma coisa que me deixa realmente triste é não tê-los conhecido há mais tempo (no meu caso, acho que uns 3 ou 4 anos). Mas seja com 6 anos ou 1 ano quem foi nesse show com certeza foi muito feliz ❤
      Se foi pouca gente, esse pouco fez o barulho de uma multidão de estádio de futebol pra ele! Mostramos que o JunSu é amado aqui!

      Valeu por seguir e pelo RT o/ E boa sorte no sorteio também!

  3. Só uma consideração a fazer sobre tudo isso.
    O Junsu não só se curvou pra nós, como fez uma reverência de noventa graus por quase um minuto. Duas vezes.

    Mundo, desculpe. ^^

    • Foi maravilhoso!
      Também torcemos muito para que ele volte, seja sozinho ou com o JYJ!
      Aqui, um menino conseguiu uma foto com ele no aeroporto, pouco antes de aparecer para nós. Muita sorte a dele, acho que mais nenhum outro fã conseguiu.

  4. eeeee eu estava lá também, morri de emoção de ver um dos 5 deuses de pertinho ❤
    Espero que ano que vem a gente tenha a oportunidade de ver o JYJ, né?
    Reportagem linda, me fez ficar toda nostálgica aqui dhbasdgsu quero semana passada de novo!

  5. Ah, eu gosto desses relatos fangirlísticos tanto quanto dos mais sérios. É bão ver o povo todo feliz assim. *-*

    Pois bem, também não fui nesse show, mas lendo essa (e todas as outras) resenhas, só posso chegar numa conclusão: Junsu não poderia ter deixado uma impressão melhor, assim como não poderia ter levado uma mais marcante de seus fãs nessa Terra Brasilis. Dane-se se o show não lotou, a galera presente fez mais barulho que muito Maracanã lotado e isso deve estar até hoje fazendo ele abrir aquele sorriso assim, do nada, que nem ainda acontece com o pessoal que foi e mal acredita, achando tudo um sonho… Isso pra mim é garantia de volta, não tenho dúvidas.

    Ah, acho que também sou “dessas” HAHUASHAHUSU Minha paixonite é DBSK/TVXQ/Tohoshinki/JYJ, não tem nem 6 meses que os conheço, mas não dá, não consigo separá-los. Gosto dos 5, seja lá como for, mas não dá pra negar as origens. XDD

    Oia, adorei o relato, me senti feliz bagarai com a alegria de quem foi lá e deu tanto amor pro Golfinho. É o que falei em outro lugar, espero que ele fofoque bastante à respeito do show aqui, que encha o saco mesmo, pra que em 2013 eu possa ler mais relatos assim, puro amor e fangirlismo, só que dessa vez sobre todos os 5 Deuses do Leste por aqui. o/

    • A certeza absoluta é que amamos o Junsu aqui e ele também nos amou, haha!
      DBSK é uma das bandas mais incríveis que conheci, não tem como não se encantar com eles.
      Estamos torcendo muito para que ano que vem tenhamos mais surpresas kpop no nosso país e que todos possam ir! ^^

  6. Senti tudo o que vc sentiu, seu relato tá perfeito. Tb percebi q ele beijou o anel e isso me lembrou do JJ no concert deles em Seoul. Esses anéis tem algum significado pra esses meninos e morro de curiosidade em relação a isso. Tb fui ao Chile vê-los, mas realmente agora foi tudo mais emocionante, mais claro. Eu estava um pouco mais atrás de vc hehe, bem ali no meio tb e pude ver tudo. Eu comentei com as meninas q foram comigo: Ele adora provocar, vcs vão ver só, e foi dito e feitooooo, ele provoca demaissss. No Chile teve aquela la colita q levou a gente a loucura, mas aqui, acho q talvez por eu estar vendo de mais perto, parece q ele rebolou mto mais e provocou mto mais, acho q por ser o Brasil, um país mais a vontade com tudo ele não se segurou. Fiquei mto feliz por ver e posso dizer: Isso é um artista de verdade, isso é dançar e cantar de verdade, isso é o resultado de todo o trabalho duro e sofrimento pelo qual eles passam. Sai de lá realizada. Fui uma das q recebeu um olhar dele tb e ñ consigo esquecer aquele olhar carinhoso. Foi o olhar mais lindo q já vi e ñ sai mais da minha cabeça (JJ me perdoa). Ano q vem espero q seja JYJ por aqui.

    Pra quem não foi: Eu sinto mto ao mesmo tempo em q digo q vcs perderam a experiência mais incrivel da vida de vocês. Ele é o que sempre mostra mais paixão no palco e é sempre o q mais se diverte e ele mostrou isso claramente para todos nós.
    Vale a pena ficar trocentas horas em uma fila ou dormir na rua por 2 dias pra poder ver ele de perto. Cada dificuldade se tornou nada depois dessas 2 horas q passamos com ele.

  7. surtaçao….. pra mim foi pouco, eu que surtei mais do que imaginava,
    faria tudo de novo …

    perfeiçao? existe outra palavra para descrever o que foi esse show, se tiver algo alem de perfeiçao, essa seria minha definiçao…

    ganhei O melhor presente…. e a capa do celular, onde ta o dna dele, ta guardada a 7 chaves…

  8. Poucas emoções são tão intensas quanto as sentidas quando temos a possibilidade de vermos um ídolo tão perto. Eu provavelmente choraria o show todo aiueieuai :’)
    Infelizmente moro longe do eixo rio/sp, logo perco a maioria dos shows bons no país, mas um dia isso muda, tenho esperança!
    Agora estou esperando a Alive tour, que andam enrolando pra liberar a data, mas ok
    Adorei o relato, me contagiei de tal maneira que fiquei sorrindo feito boba enquanto lia. Parabéns *o*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s