Para os fãs brasileiros, não há barreiras

Oi pessoas lindas e batuqueiras do Kpop Samba Style! Continuando nossa sequencia de inauguração de colunas, agora é a minha vez!! Prazer, Vivi, para quem ainda não me conhece por aqui (até rimou)! \o/

Aeeeee! E agora vou falar um pouquinho de nós, porque se não somos nós, os fãs, o Kpop não funcionaria, não é verdade? E a internet também, porque sem ela funcionaria menos ainda. :p

Aí você se apaixona por aquele grupo que tem não sei quantos integrantes, todos lindos e lindas com aquelas musiquinhas viciantes, coreografias marcantes que logo dá vontade de sair dançando e cantando, além de da tentação irresistível de sair viciando todo mundo à sua volta, porque é inaceitável ficar sozinho nessa, podendo espalhar todo o seu bom gosto pelo mundo! *e essa é a hora de flutuar em um cenário brilhante cor de rosa, azul ou verde, com rosas no canto da tela e seus olhos brilhando em forma de estrelas gigantes*

star

Parece que um mundo novo se abriu….

No embalo dessa paixão toda, a ordem é ir para internet no primeiro momento e fazer aquela pesquisa de campo marota sobre seus novos queridos ou queridas e encontrar um site em português com tudo que você precisa! E esse site maroto que você achou na pesquisa, na maioria das vezes é fruto do trabalho de pessoas dedicadas que também são fãs como você e eu e querem espalhar seu amor pelo Brasil. Atualmente, creio que ninguém pode reclamar de falta de informação sobre o K-pop na nossa língua, já que a quantidade de sites voltados para o assunto é superior a que tinha há uns 2 ou 3 anos, por exemplo. Seja os focados em informações diversas sobre o entretenimento coreano ou em apenas um único artista ou grupos de determinada agência, opções são o que não nos faltam. Mal vemos uma notícia por aí sobre empresa X que vai debutar novo grupo e em questão de minutos já circula pelas redes sociais: “oi, somos a fanbase para o novo grupo Z, da empresa X ”. Particularmente, acho muito curioso o fato de existirem pessoas que se denominam fãs de um grupo que sequer lançou uma música ainda e acabo me perguntando: “como ser fã de alguém que nem sei se a música é boa??” É algo que não estou muito acostumada apesar de saber que esse é o esquema do K-pop e que acabamos absorvendo algumas coisas dos fãs coreanos no nosso modo de ser fã.

gifff

Vai dizer que não é assim que você fica na frente do computador procurando tudo do seu grupo favorito?

A maior desvantagem disso é obviamente a nossa dificuldade em conseguir os CDs e DVDs, que graças ao frete quase estratosférico da Coreia para o Brasil, deixa os produtos com o valor final bem salgadinho, principalmente se não quiser ficar esperando por sua encomenda por mais de 1 mês e resolver optar pela facada chamada EMS. Isso sem contar o medo colossal de sua compra ser barrada na alfândega e aí te fazerem pagar praticamente o mesmo valor todo de novo só para ter o seu produto tão esperado nas mãos. Não é por nada não, mas gostar das coisas do outro lado do mundo é sofrimento também,hein hahaha! Porém nada impede que você faça um trato esperto com seus pais ou economize seu suado dinheirinho para finalmente conseguir aquele item tão desejado. Já temos opções para comprar em lojas que trabalham com importação, o que é uma maravilha para quem não tem cartão internacional mas quer um CD. E a vida pode ser mais facilitada ainda quando uma fanbase do seu artista favorito abre projeto de compra coletiva.

Seguindo o exemplo de outros fãs de K-pop ao redor do mundo, quando um novo CD é lançado, um grupo se mobiliza para a realização da compra em massa, que além de apoiar efetivamente o trabalho do artista comprando seu produto original, acaba baixando-se um pouco o preço por ser uma compra em quantidade. Eu mesma já comprei CD dessa forma e quando as pessoas envolvidas são sérias, não há problema! Verifique com a fanbase do seu grupo favorito se há a possibilidade de compra em massa do novo CD e atente aos prazos de pagamento para dar tudo certinho! Dá para todo mundo ter o seu, né? 😉

Se não conhecem o esquema, vejam alguns exemplos de como funcionaram em fanbases do N’UEST, VIXX e JYJ.

Imagina que maravilha o show do meu grupo favorito aqui, vai ter Meet & Greet e aí aproveito para levar o meu CD para ser autografado! Só não cometa a gafe de levar um CD ou DVD pirateado, hein!!

A alegria de um autógrafo

Alguns fãs vão além da compra de CDs, querendo mostrar que seus ídolos são muito esperados e amados no Brasil, representando-nos até em outro país, como por exemplo no caso do Big Bang Brazil, que foi ao show do BIG BANG no Peru (2013) e graças a doações, conseguiu com que fossem entregues camisas de futebol personalizadas com os nomes dos integrantes.

Presente do Big Bang Brazil ao BIG BANG.

Sem sair daqui, o B2ST Brazil entregou pessoalmente o presente ao DooJoon, na visita do grupo com o United Cube Concert (2011).

A representante do B2ST Brazil fez com que a camisa chegasse ao DooJoon.

E nenhum outro membro do Super Junior ficou tão brasileiro quanto o Kyuhyun… Aliás, alguém lembra quando ele mencionou durante o concerto que recebia cartas e presentes de ELFs daqui do nosso país?

A fanbase Only Kyuhyun Brazil empacotou isso tudo e mandou para o Kyuhyun.

Que alegria deve ter sentido a pessoa que deu isso tudo na mão do Kyuhyun, hein!

Mas e quando o show só é na Coreia, como fica? Ou será que precisa esperar um show para mostrar seu amor? Pelo menos não no caso de alguns fãs do Girls Generation e do Block B. Os SONEs do Precious Nine foram agraciados com uma foto da Sunny segurando o presente recebido. Poucas coisas devem deixar tão feliz quanto a certeza de o/a idol ter recebido seu presente, não é?

Sunny com o presente recebido do Precious Nine.

Embalagem onde foi a camisa.

O pessoal do Block B Brasil resolveu fazer uma homenagem aos seus garotos quando completaram 3 anos de debut, enviando esse gracioso bolo em comemoração. O projeto também foi executado através de doações de BBCs brasileiros.

Que coisa mais fofa esse bolo, socorro!

Queria um pedaço desse bolo!

E mesmo estando tão longe, ainda é possível mandar a representação brasileira lá para a Coreia, e foi o que outros fãs fizeram. Nas fotos abaixo, você pode ver as representações bem sucedidas dos fãs do JYJ e do MBLAQ.

Coroa do JYJ Brasil e Candy JJ

Coroa do Blaq Temptation (a terceira)

Estes são só alguns dos exemplos dos dedicados fãs que temos por aqui. Antes de mergulhar no mundo da música coreana, não tinha visto nada parecido e quanto mais vejo o que o carinho de um/uma fã pode fazer, mais encantada eu fico. Como boa parte destes projetos depende de doações para se realizarem, claro que é bem complexo participar de todos assim como colecionar os CDs, por mais diversificado que seja seu gosto dentro do K-pop.

Mas não vai dizer que, se participou de algum com um resultado tão bacana quanto os exemplos que foram dados aqui, não dá aquela pontinha de “orgulho” e pensar “agora o idol sabe que eu existo” ?

infinitedongwoo-gif

Que alegria, agora existo!!!

E você, já participou de algo assim?

Incrível, né?

Anúncios

2 comentários sobre “Para os fãs brasileiros, não há barreiras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s