Champs 1º Showcase

 

 

 

 

 

gabiPor MissBizzy

Quando cheguei na fila era por voltas das 13:00 da tarde. Tecnicamente faltaria apenas uma hora para podermos entrar, mas houve um atraso no local. Nada muito grave. A animação da fila ajudou o tempo a passar mais rápido. Cantamos, dançamos, rimos, fizemos piadas.

Não recordo a hora exata em que entramos no teatro Mars, mas toda a espera valeu a pena quando tivemos nossos pôsteres autografados pelos membros do CHAMPS. Cada garoto mais lindo e simpático que o outro. Diego ganha em fofura, Iago em carisma, Kenji em beleza, Shi em simpatia (e em abraço, o abraço mais gostoso que já ganhei na minha vida) e o Ricky ganha em ‘fodalidade’ (palavra inventada pela minha amiga, desculpe-me o palavreado).

Depois dos autógrafos subimos para o local onde seria o show, onde teve uma ‘baladinha’ básica antes de descermos para abraçar e tirar fotos com os meninos. Em seguida todos saíram e formaram uma fila lá fora novamente. Os meninos se prepararam para a coletiva de imprensa.  Segue algumas das perguntas:

Vocês vão gravar em outro idioma?

Sim, mas agora a gente está focado no Brasil. Pegamos a essência coreana, pegamos a letra e adaptamos pro inglês mas estamos com a essência brasileira agora. Mais futuramente quem sabe? Estamos pensando nessa hipótese.

Quando vocês foram para a Coreia, qual foi a primeira sensação de estar lá como trainee?

Nós achávamos que ia ser realmente igual ao treinamento coreano e foi assim mesmo. A gente ficou bastante de madrugada, tivemos aula de canto também. Não foi nada fora do planejado, foi bem bacana.

Vocês sofreram algum tipo de preconceito?

Não, na verdade nós fomos surpreendidos. Não esperávamos ter toda essa repercussão tão boa.

O que vocês esperam do grupo em longo e curto prazo?

Nós esperamos poder inspirar muitas pessoas que também têm os mesmos sonhos que nós que não é uma coisa muito normal, esse tipo, esse padrão de grupo. Nós também tivemos muita inspiração.

Sabemos que o treinamento na Coreia é intenso. Vocês treinavam muito, quase como em regime militar?

Era militar. (risos). Foi bem puxado! Eram das 2 da tarde à 6 da manhã. Eles te inspiram bastante no treinamento e também te ensinam. Então tivemos incentivo.

Vocês já têm alguma posição fixa no grupo de vocês? Qual é a posição de cada um e se pudessem mudar, qual seria a de cada um?

Bom, eu acho que as posições do grupo foram definidas com as características de cada um, eu acho que todo mundo aqui está satisfeito com as posições e acho que foi muito bom. Escolheram de acordo com o que cada um já fazia, só alguns detalhes foram acrescentados no grupo. Ricky: Líder e Vocal; Shi: Rapper; Kenji: Dancer; Iago: Main Dancer e Diego: Vocal e Dancer.

Queremos saber como é 5 garotos dividindo um apartamento.

É legal, conseguimos conviver muito bem. Nós cozinhamos, lavamos e passamos, somos uma família mesmo. É legal ter essa experiência de morar junto.

Quem cozinha?

Olha aqui o chefe da casa (aponta para o Kenji).

‘We are the champs’ é o nome fandom criado por fãs. Queria saber se vocês tem um nome em mente para o fandom.

The Champers (risos). The Champers, a nossa madrinha Ana Maria Braga (que sugeriu o nome em seu programa).

Em quem vocês se inspiram para dançar e como se sentem sendo o primeiro grupo B-Pop, sendo referencia de K-pop no Brasil?

Na verdade nós nos inspiramos em muitas coisas, mas no nosso grupo o básico é o Hip-Hop. Nós aprendemos Hip-Hop, Ballet Contemporâneo e na base de tudo isso, nós formamos uma identidade na dança, que é o que o K-pop transmite, essa identidade.

Nos perguntamos se o grupo é B-Pop (Pop Brasileiro) ou K-pop.

Não, nós somos B-Pop. Nós pegamos a referencia coreana e trouxemos para o Brasil.

Como se sentiram participando de entrevistas e programas de TV?

Olha, a gente se saiu bem na primeira, mesmo por ser ao vivo. Mas eu acho que nós nos saímos bem sim. Ficamos um pouco nervosos no início, mais acho que com o tempo vamos adquirir experiência.

Vocês fizeram parcerias com Wa$$up. Tem mais alguma banda com quam pretendem fazer mais alguma parceria?

Na verdade a gente tinha Block B. Antes do naufrágio iríamos gravar uma musica com eles, mas por causa da tragedia foi cancelado. Iríamos gravar Champs TV com eles, mas por causa da tragedia o mundo K-pop ficou parado.

Vocês conseguiram o reconhecimento de fãs até de outros países, que não conhecem musica brasileira. Eles gostaram da musica de vocês, como se sentem sabendo disso?

É uma coisa que não esperávamos, recebemos muitas mensagens gringas. No Brasil, até que não é kpopper está aceitando muito a gente. Todos estão sempre acostumados a ouvir o inglês, levar o português está sendo o diferencial. O pessoal gostou da língua e estão achando legal.

Qual os grupos favoritos de vocês?

Shinee, Block B, Beast, TVXQ, Jay Park e BIGBANG, Ukiss.

Como é com os fãs?

A palavra “fã” afasta um pouco, por isso gostamos de chamar de admiradores do nosso trabalho, pois assim parece nos deixar mais íntimos. Temos muito carinhos por eles, nós tuitamos muito.

Qual a maior dificuldade que vocês enfrentaram na coreia?

Não houve muitas coisas, nos adaptamos rápido. O que incomodou um pouco foi o frio, e estranhamos um pouco a comida. O restante foi bem tranquilo.

Qual o tipo ideal de vocês?

Tipo ideal? mulher….. (risos) não existe um tipo definido, (Kenji: Eu tenho um padrão eu gosto de loiras), (Iago: Eu gosto de mulher com pouca maquiagem, gosto de ver o natural), engraçada e simpáticas.

Vocês quiseram trazer vários estilos diferentes adaptando com o b-pop, teria algum estilo bem brasileiro (como bossa nova) que vocês tenham tem vontade de usar em uma música?

Talvez uma escola de samba, (risos) queremos colocar sim varias raízes brasileiras… Talvez o Olodum.

Até agora qual foi o melhor momento?

O melhor momento é estar aqui agora, não existe coisa mais gratificante.

Tem algo que vocês sentem falta?

Sim, dos amigos e família. Mas acabamos nos tornando uma família também.

Vocês sempre tiveram o sonho de serem artistas?

Sim, a maioria de nós sim.

O que vocês esperam do showcase de hoje?

Muita animação, vibração e curtição.

Vocês ainda têm, no Brasil o estigma de ser uma boyband estilo Broz. Como vocês lidam com isso? Já foram comparados?

A gente não pode desmerecer a arte de ninguém. Mas tentamos diferenciar ao máximo usando a essência do K-pop. Mas sabíamos que haveria essa comparação, viemos preparados.

 

Entrevista terminada, a imprensa subiu para o local de show, onde poderiam circular livremente e tirar fotos. A ‘baladinha’ recomeçou, com direito á gravação da KBS (o moço enfiou a câmera na minha cara e ficou tipo “Vamos minha filha, faça algo, você está na TV”) aí eu fiz o clássico ‘dois dedinhos da paz’. Dançamos ao som de ‘Boom Shakalaka’. Foi incrível.

Mais ou menos às 20:00h os garotos apareceram, nos surpreendendo e subiram para o camarote VIP. A maioria dos Vips estava no andar de baixo, mas ao ver o CHAMPS indo para o camarote, todos foram atrás. Foi uma loucura. Conseguimos tirar fotos com todos os rapazes Particularmente amei uma foto que tirei com Iago e o Kenji (meus bias).

Os rapazes ficaram no camarote até as 21:00h, quando precisaram descer. O show iria começar.

Antes de se apresentarem, cada membro respondeu a duas perguntas de fãs, o que fizeram com muito humor. Particularmente fiquei encantada com o Ricky. Eu pensava que ele era um garoto sério, mas ele mostrou todo seu lado engraçado ao falar conosco (mas ele não tirou a camisa quando pediram, o que foi uma pena).

Começaram se apresentando com We Are The Champs, com uma linda coreografia e depois foi a tão esperada Dynamite. A presença de palco deles foi incrível.

Os rapazes podem ter pouco tempo de carreira ainda, mas já são um pequeno sucesso para nós, e sei que irão muito longe, mostrando que o Brasil pode sim ter muitos talentos escondidos, basta apenas procurar e ter um bom ouvido para escutá-los.

Veja a galeria de fotos aqui.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s